COMO SE DAR BEM COM ENTEADOS

COMO SE DAR BEM COM ENTEADOS – Casar-se ou ainda ter um compromisso mais sério com alguém que já tem filhos costuma ser algo um pouco complicado e ainda pode causar alguns problemas emocionais com os enteados. No entanto, por mais difícil que seja tentar uma aproximação, saiba que existem as mais diversas formas para se ter uma harmonia familiar e dessa maneira todos podem viver em paz, assim como deve ser.

COMO SE DAR BEM COM ENTEADOS

Saiba que primeiramente é necessário ter muito diálogo. Explique ao seu filho que a nova situação não vai mudar em nada o amor dos pais. É relevante citar que a madrasta ou o padrasto não podem achar que por serem crianças ou adolescentes, os enteados não devem se meter de forma alguma na relação.

Como eles são afetados diretamente pelo relacionamento novo, precisam receber explicações com muita paciência, além de calma e total coerência, que é muito importante e essencial nessa hora tão complicada. Nunca interfira no relacionamento entre os pais biológicos e os enteados, para não causar intrigas.

Isso porque eles vão precisar de momentos juntos, sem qualquer tipo de interferência dos novos companheiros. É muito importante dar este espaço e compreender o lado dos pequenos ou dos adolescentes. E também é necessário respeitar as características de cada idade, pois os pequenos possuem a total necessidade de ficar perto dos pais.

Nunca fale mal dos pais biológicos, em hipótese alguma, mesmo que o ex-marido ou a ex-mulher lide mal com o caso e tenha uma relação repleta de conflitos com você ou o seu companheiro ou companheira. Ou seja, é necessário ter maturidade de sobra para encarar uma relação com alguém que já venha com bagagem e para que dê tudo certo, desde o começo! É possível fazer isso dar certo com muita calma e paciência como os enteados e com todos os envolvidos!

Leave a Reply