Dicas para evitar/remover manchas de espinha da pele

Uma das coisas que mais incomodam a juventude e também a alguns adultos são as marcas de quando nós esprememos as espinhas. Essas marcas se não forem tratadas, podem te acompanhar para o resto da vida.

Durante a juventude mais precisamente entre 12 e 20 anos são quando as espinhas mais atacam. O lance é não querer espremê-las, pois isso só irá deixar o seu rosto todo marcado. Caso você já tenha espremido e queira tirar essas manchas que ficaram em seu rosto, continue lendo este artigo.

Se a mancha for bem antiga, grande e problemática, não adianta. O melhor é você marcar um dermatologista e começar um tratamento com ácidos para removê-las. Diga que você quer um tratamento para eliminar as manchas deixadas pelas espinhas (acne).

Para você que tem manchas superficiais, que não sejam grandes e nem graves, existem maneiras de melhor esta situação. Antes de passar como melhorar as manchas, é bom deixar claro de como evitá-las. Portanto se você tiver alguma espinha (acne), por favor, não esprema, não aperte, pois isso é o maior causador de manchas na pele.

Os cremes a base de silicone são os mais apropriados para quem esta com a pele manchada por causa de acne.

Para os casos mais graves existem métodos como: acido retinóico, ácido glicólico, ácido kójico. Cada ácido tem um efeito diferente na pele, por isso NÃO aplique ácido sem uma orientação médica.

Existem também alguns outros tratamentos que combinados podem trazer um resultado muito legal. Esses tratamentos são: peeling, seções com laser e seções de profunda hidratação e limpeza de pele. Estes tratamentos só devem ser feitos com uma avaliação de um dermatologista.

A única regra universal quando se trata da pele do rosto é o uso de protetor solar, com no mínimo fator 15. O uso deve ser feito diariamente e renovado a cada 3 horas.

3 Responses to “Dicas para evitar/remover manchas de espinha da pele”

Leave a Reply