Primeira consulta ao Ginecologista, deixe o medo de lado

Tudo o que você precisa saber para ir a sua primeira consulta ao ginecologista!

A primeira vez no ginecologista costuma ser um motivo de muita apreensão para as jovens e até mesmo as adultas. É normal ter medo, vergonha e dúvidas em relação às consultas ginecológicas. As adolescentes, principalmente, morrem de vergonha em perguntar a ginecologista assuntos relacionados ao sexo, e muitas acabam não se prevenindo e adquirindo alguma doença por vergonha, pois acaba ficando sem informações a respeito.

As principais razões que levam a primeira ida ao ginecologista geralmente são assuntos relacionados à mudança do corpo, sexualidade, métodos contraceptivos e também a menstruação, como dores, TPM e irregularidade da mesma. Não é necessário ter um motivo específico para ir ao ginecologista e nem idade certa, mas o ideal é a partir dos 13 anos, a idade que começa a adolescência e as principais mudanças do corpo começam a ser notadas.

As mães costumam pressionar ou até mesmo obrigar as filhas irem ao ginecologista, o que é uma forma erradíssima de fazer sua filha ter uma consulta. O melhor sempre é conversar, ser amiga da filha, orientá-la sobre gravidez, anticoncepcionais, doenças sexualmente transmissíveis e sobre mudanças no corpo. Hoje em dias o que não falta é informação sobre esses assuntos, mas é sempre bom saber e conhecer sobre esses assuntos por uma pessoa mais entendida do assunto, um profissional certo. Também é comum as mães quererem que a filha vá ao mesmo ginecologista dela, mas o ideal é que a própria pessoa conheça alguns ginecologistas, para escolher o que mais se sinta a vontade e confie.

A primeira consulta a um ginecologista costuma ser uma conversa simples, principalmente se a paciente está nervosa, dependendo da idade é normal a menina querer algum acompanhante. É importante que a mãe vá à primeira consulta junto a ela, já que a médica pode perguntar alguma coisa relacionada ao histórico familiar que a paciente não saiba. Já nas próximas consultas, a paciente pode levar alguma amiga para acompanhar, já que com a mãe pode não se sentir a vontade. A partir de certa idade a paciente pode começar a querer ir com o namorado, ou até mesmo sozinha, geralmente nunca querem ir com a mãe, pois ela pode interferir no relacionamento mais íntimo do médico e a paciente.

Geralmente na primeira consulta ao ginecologista, ele costuma fazer algumas perguntas que são meio que de praxe: com qual idade ocorreu a primeira menstruação; se você já teve ou sente a presença de algum problema ginecológico grave; se você é virgem; se já usou algum anticoncepcional; se há histórico de doenças na família e muitas outras.

Se a paciente for virgem, o médico costuma fazer apenas exames simples, examinar os seios, abdômen, a região genital, se não for mais virgem o médico pode fazer o exame do toque, colher material para fazer o exame preventivo, mas só se a paciente estiver pronta e disposta a fazer os exames.

Muitas garotas têm dúvidas se os pais ficam sabendo dos assuntos conversados no ginecologista, porém as conversas entre médicos e pacientes devem ser sigilosas e a paciente deve ter a segurança que o médico não vai contar para os pais, apenas se a paciente for menor de idade e tiver suspeita de alguma doença que coloque sua vida em risco.

Em geral, existem algumas dicas básicas para você marcar a consulta a com ginecologista e para ir ao consultório. Não se deve marca consulta em seu período de menstruação, pois isso só irá dificultar a realização dos exames. Outra dica é a higienização adequada.

Ir ao ginecologista não é nenhum bicho de sete cabeças, para as novatas que desejam fazer perguntas ao ginecologista, uma dica é anotá-las em um bloquinho para na hora da consulta não se esquecer de nenhuma. Espero que tenha ajudá-las!

Beijos

Artigo escrito por Júlia Benjamin

Leave a Reply